Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2005
Sorriso de chocolate
Num esgar fugídio, num jeito malandro, vindo daquele rosto esguio, de menino sózinho e com frio, vi um sorriso, um sorriso bondoso, talvez aquecido por aquele chocolate gostoso, em forma de Pai Natal.

A forma era indiferente, o chocolate, esse sim, era quente, acalmava-lhe a fome, o desencanto, o corpo magro, o cabelo desalinhado e, sem saber se era calórico ou não, comia o Pai Natal com sofreguidão.

Não sabia quando voltaria a ter outro Pai Natal, de chocolate ou não, sabia apenas que, agora, tinha um e havia que o comer depressa, sem hesitação. Não tinha pai nem mãe, não tinha irmãos, era dono da rua e esta, sem o saber, atraía-o com as suas montras, as suas iluminações natalícias, as pessoas bem vestidas. A rua era a sua amiga, a sua companheira de momentos poucos que a idade ainda era tenra, mas, muitos que o sofrer já era de gente grande.

Maltrapilho, mas, bonito, entrou num Mundo que não contava com ele, nem para ele, não sabia ler, pouco mais conhecia que a sua rua, aquela sua rua e, no entanto, naquele dia, uma senhora deu-lhe um Pai Natal de chocolate e desejou-lhe um feliz Natal.

Ele sabia, porque via, que no Natal os pais se apressavam a comprar os brinquedos para os filhos, as bicicletas, os sonhos dos meninos e meninas que tinham a fortuna de poder sonhar. Mas, sem saber bem porquê, a frase “feliz Natal” fê-lo pensar, essa riqueza que ainda podia usufruír, a de pensar, e, pensou o que quereria dizer a palavra feliz, a palavra Natal.

No final, deitou a “prata” fora, esqueceu as congeminações sobre a felicidade e o Natal, continuou pela sua rua e foi sorrindo a quem passava, num sorriso muito próprio de quem apenas sabe desejar feliz Natal sorrindo.


publicado por PAU_LINDO às 16:24
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 25 de Dezembro de 2005 às 15:01
Afinal...há pessoas que necessitam de tão pouco ...pra ser felizes!...Basta um gesto, 1 sorriso e 1 olhar!
Para quê a riqueza...qd há gente q se contenta com tão pouco! 1 bj ... e um td de bom pró MUNDO!Brida
(http://escrivinhices)
(mailto:bridiara@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Dezembro de 2005 às 12:56
mais uma vez lindo.... como so tu sabes escrever...espero q a sensibilidade que aplicas na escrita a faças nas pessoas sobretudo nas q gostasm de ti ou corres o risco de as perder.... se é q ja não perdeste.
q sejas feliz da da maneira q escolheres para ti.... mesmo q seja a errada é a tua escolha tem de ser respeitada.~
Um beijo de mim para tialguem
</a>
(mailto:alma despedaçada@hotmail.com)


Comentar post