Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Segunda-feira, 8 de Março de 2004
Mentira

Mentiras são palavras pintadas de cores garridas, cheias de nada, palavras vãs, vazias de gosto, que trazem no rosto sorrisos falsos.


Pode-se mentir, omitir, esquecer, não contar, não dizer, mas mentir sempre faz doer, uma dor fina, aguda, marcante, que estraga e destroi, que apaga os sonhos de quem sempre sonhou que a mentira não existia, não cabia, não podia existir.


Mas mentir porquê, para quê, por medo de perder, medo de não saberem ouvir, algo serve para racionalizar o mentir?


Mintamos pois, mintamos todos, mintamos muito, a rodos, pois se mentir é assim tão normal, não o fazer é fugir à incomum normalidade e, sabemos bem, que, nisto de anormalidades, ninguem é nem ninguem o quer ser.


Fica-me, no entanto, a dúvida, e a verdade, onde fica, onde a pomos, alguem a usa, fará sentido, terá lugar num discurso depois de tanto se ter mentido? Parece-me que a vi passar, de mão dada com a honra, outra estranheza, aspecto jovial, pouco gastas, olhadas, aqui e ali, como se de bizarrias se tratassem.


Pobres de nós, comuns mortais, que não sobrevivemos à mentira, pela sua curta validade e à verdade pela sua eternidade.


Já agora, menti, eu não sei escrever.



publicado por PAU_LINDO às 15:40
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Amanhã é Natal ?

Natal, pois...

Resistir

Sagradas

Tristeza

5 anos

Ordens inversas

Olhar

I Love You Very Much...à ...

Eu amo e sei

arquivos

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Julho 2004

Junho 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds