Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2006
Pavões
Reflectir não é coisa só de espelho, é também de gente, feita de muito pensar, de muito querer, de algum olhar, acho que feita de juízo, de razão, não se pode deixar entrar a emoção e lá seguimos absortos nesses momentos de reflexão.

Tenho reflectido, faz parte de um jogo de equilíbrios instáveis, os da razão e os outros, aqueles mais insondáveis, tenho pensado muito e sem detença, tenho pensado ausente e em presença, já nem sei se tanto deva pensar, reflectir, mas, o que preocupa é que no fim de tanto esforço não acabo a sorrir.

Descubro no pensamento memórias recentes, de pavões, supostos docentes, que se arvoram de senhores, ainda que só sejam doutores, que se julgam poder soberano, decisórios, decisores, mas não, são apenas professores pois senhores...só lá para o ano.

Ficai pois bicando vossas penas, armai-vos vistosos de um suposto saber que eu cá vou, embora a custo, sendo um senhor, ainda que sem um tusto, sonhando, um dia, ser um doutor.



publicado por PAU_LINDO às 16:33
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Anónimo a 23 de Janeiro de 2006 às 22:33
Ahahahhahahahhahahhaha uma boa gargalhada (das tuas)!
Saudades, imensas.
TaralhoucaRisota CumpTlice
</a>
(mailto:sabe@hotil.com)


Comentar post