Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Sexta-feira, 26 de Agosto de 2005
Algures, tu
Digo-lhe que é bonita, chama-me de simpático, digo-lhe que é sexy, cora e não responde, não sabe deixar-se ser, apenas se esconde, digo-lhe que é meiga, carinhosa, gentil, acha-me um doido, diz-me que estou febril.

Não sei que diga a esta mulher, não sei se diga algo sequer, acho que vou é ficar calado, dar-lhe um abraço apertado, cobri-la de beijos, de carícias, de amor, deixá-la saber que é raínha de meu peito, um reino assim meio estreito, mas, enfim, é o seu.

Amanhã compro-lhe flores, falo-lhe de doces, ternuras, amores, vou à ópera, ao cinema, ao jardim, levo-a ao teatro, à praia, a um bar, falo-lhe de um amor sem fim, dum tal amor que tem amar dentro de si, dentro de mim.

Um dia destes, quem sabe lá, vou gostar de ter gostado assim, vou sentir que valeu a pena esperar, acreditar, lutar, nesse dia, ao olhar para trás, vou descobrir quão feliz sou, fui e serei.

Não eras de verdade, afinal sonhei, não existes, estavas no meu sonho, foi bom saber que algures, ainda que fosse num sonho, tu amaste e eu amei.

Pergunto-me, será que sonhei ou apenas foi uma premonição, um futuro ou uma ilusão, quem sabe, eu, por certo, não, mas sei que, se ser feliz é ser assim, eu quero você toda para mim.



publicado por PAU_LINDO às 19:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 16 de Agosto de 2005
Blind date
Estava um dia enevoado, pouco próprio de um Verão que se espera solarengo, sentia-me meio desajustado, estava de calção e um pólo coçado, ainda assim entrei. Havia um certo bulício, telefones que tocavam, gente em profusão, tirei uma senha, era o 13, esperei, sentado, pela minha vez.

Chegou finalmente, a senhora que me atendeu era simpática, disse ao que ia, a senhora ouviu e sorria, que sim, que tudo se resolveria, que não saíria dali sem a solução, mais coisa menos coisa, cheguei a pensar que estava no local certo, que tinha encontrado o fim do deserto, que iria conhecer a tal, a única, a ideal, que me faria feliz, amado, eu sei lá, pensei em tanta coisa, acho que até sorri.

Paguei, deixei o contacto, saí convicto de que estava no bom caminho para a felicidade, bebi uma bica, achei-lhe um sabor melhor, mais intenso, mais perverso até, quase diria que o que bebia era tudo menos café.

De repente, despertei, tinha acabado de pagar a electricidade, essa coisa que nos aquece, nos anima, nos dá felicidade.



publicado por PAU_LINDO às 12:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sorrisos tais
Conheço tanta gente manhosa, que omite, disfarça, é mentirosa, gente que diz ser quem não é, diz-se honesta, sincera, leal e, na verdade, são apenas uma mentira total.

Ocultam-se por detrás de uma conversa mole, apuram-se no mentir, no omitir, chegam a mentir sorrindo, a chorar fingindo, chamam de “amor” e “querido” à mesma pessoa a quem tanto têm mentido.

Gentinha pequena, sem valor, que apenas vê o imediato, que busca um prazer, que preenche um hiato, que fala de emoção, de partilha, de paixão, que, afinal, dá de si, apenas e só, uma ilusão.

Onde andará a dignidade, a honra, a verdade, onde pararão por estes dias, será que estão escondidas atrás dos egoísmos tácitos, ou estarão, apenas e só, arredias?.

Pergunto-me como pode esta gente dormir, como conseguem sorrir, será que sabem que estão sorrindo, ou no meio de tanto mentir, já mentem a si próprios(as) fingindo?

Fingem que são sorrisos aqueles esgares ensaiados, de tanta inverdade pintados, já não se apercebem da realidade, daquela triste banalidade, a de mentir sem saber.

Enfim, não sei mais o que sentir, se chorar, se sorrir, sei apenas que a verdade e o amor são melhores que tudo o mais, ficai pois com vosso mentir, com vossos egoísmos de estimação, eu cá vou ficando a sorrir, de vos ver pensando que enganam a quem vos sorriu, a quem nunca vos mentiu, pobres de vós.



publicado por PAU_LINDO às 01:02
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Amanhã é Natal ?

Natal, pois...

Resistir

Sagradas

Tristeza

5 anos

Ordens inversas

Olhar

I Love You Very Much...à ...

Eu amo e sei

arquivos

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Julho 2004

Junho 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds