Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Sábado, 31 de Julho de 2004
Amor
Tal a grandeza deste amor que, perante a solidão, perante a dor, não se aquieta, não atina, nunca deixa de ser amor.


publicado por PAU_LINDO às 00:03
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Anónimo a 8 de Setembro de 2004 às 17:03
Obrigada pelas tuas palavras de consolo.
Nem sempre a vida corre como keremos, talvez eu esteja a ser castigada por algo k nao me lembre k tenha feito. Mas enfim o tempo k me castigue porque mesmo assim nao vou desistir de ser feliz.
Foi bom voltar a ter o endereço do teu blog.
Escreves sempre coisas lindas e que tocam no coraçao.
Um beijo da amiga virtualMPolicia
</a>
(mailto:trincacaramelos@hotmail.com)


Comentar post