Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Quinta-feira, 14 de Outubro de 2004
Sou...
Sou uma mulher.
Sou bonita.
Sou boa.
Sou muito boa.
Sou a maior.
Sou a tal.
Sou melhor que todos.
Sou a única que sabe como é.
Sou pura.
Sou dura.
Sou desconfiada.
Sou vil.
Sou cruel.
Sou mais de fel que de mel.
Sou mesmo boa
Sou mãe.
Sou boa mãe.
Sou uma mulher só.
Sou a mulher.
Sou a única que sabe amar.
Sou tão boa.
Sou uma contradição.
Sou assim tipo hoje sim, hoje não.
Sou um furacão
Sou isto tudo e muito mais.

Sou tanta coisa e, no final, vendo bem, não sou ninguem.



publicado por PAU_LINDO às 11:58
link do post | favorito

De Anónimo a 16 de Outubro de 2004 às 18:18
Esta é BOA!!
Encaixa muito bem no neo-romantismo febril vivido actualmente por várias mulheres.
Abraço e até logo.Silvério Passarinho
</a>
(mailto:reisdasilva@msn.com)


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.