Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2006
Genovevinha
Genovevinha, moçoila de boas formas e melhores preceitos, cabeleira farta e belos peitos, olhos cor do mar, uma pele cor de luar, uma forma dengosa de andar, aquelas pernas dignas de se ver, porte de princesa.

Caminhava, nesse dia por uma rua, daquelas ruas que a vida tem, absorta em tanta coisa que lhe povoava a alma, a ideia, cheia,cheia de tanto lutar e tão pouco ter, a não ser o jeito dengoso, um jeito guloso que dava vontade de comer.

Já muitos haviam tentado, muitos tinham querido Genovevinha, mas ela, claro, donzela, foi-se guardando para um príncipe qualquer que haveria de chegar um dia, na porta da sua casa bater e no seu coração entrar.

Havia o Joaquim da mercearia, mas os modos grosseiros não lhe agradavam. Havia tambem um homem que a assobiava quando passava e lhe dizia umas coisas que faziam corar até as pedras da calçada, mas, que secretamente lhe agradava ouvir.

Na praia conhecera um alemão, um alto e louro, ficaram amigos, trocaram endereços, números de telefone, mas, achou-se demasiado pequena para aquele homenzarrão de 1,95 mt. Do alto do seu 1,60 mt não se achou à altura de tais medidas e esqueceu o assunto.

Um dia, na mesma rua que tantas vezes a viu passar, cruzou-se com um olhar, um cativante olhar, logo ali começou a gostar e aconteceu tudo num rompante, o coração acelerou, a emoção aumentou e Genovevinha descobriu o seu principe.

Sério, isto passa na TVI, os personagens têm outro nome...enfim, é a TV em Portugal e, juro, eu não sou a Manuela Moura Guedes.



publicado por PAU_LINDO às 20:44
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2006 às 06:31
adenda: o casaco às vezes é só para ficar pousado nos ombros, estacionado em cima da camisola de malha :)Sarah
</a>
(mailto:a_espuma@hotmail.com)


De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 23:39
Ahahhahahhahahahhahahahhaaahahahahahhahahahhahahahhah
(mais bem disposto? parece-me que sim)
Xicoração,
T.T
</a>
(mailto:euzinha@hotmail.ccom)


De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 21:07
saia a ver-se só metade do joelho, casaco de malha com botões até ao pescoço, cinta cor de carne, carteira dentro de saco de plástico debaixo do braço, sonhos (de Natal) nos sovacos, joanetes, buço a meia haste. também existe na versão alentejana, com ou sem foice. :Dsarah
(http://www.lec.)
(mailto:a_esp@hotmail.com)


Comentar post