Palavras, ditas vivas, sentimentos, vivos tambem, um pouco de mim, aqui, para ti que lês, que vês, assim.... Comentários são sujeitos a análise prévia, em face dos abusos cometidos por algumas pessoas.
Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2005
Ai que dores
Doi-me um dente, não, doem-me dois, a cabeça, os ouvidos, não sei, sinto uns zumbidos, até me doi o nariz, não sei que mal fiz.

Tenho um joelho inchado, um calo inflamado, não defeco como devia, ando sem alegria, meio engripado, devo andar embruxado.

Descobri agora que tenho caspa, verrugas, um treçolho, mais uma inflamação na garganta, dois pelos encravados, mas que coisa, estou feito num oito.

Não sabia o que era micose, mas já sei, vai-se a ver tenho eczema , alergia, males de pele, acne e mais sei lá o quê, estou mesmo um trambolho.

Para rematar, tenho tosse, doi-me o peito, ando aflito, quando respiro até apito, tenho que dar aqui um esfregaço, lá se vão os peitos de aço, vai-se-me acabar a pose.

Estou mesmo uma desgraça, acho que não chego a Fevereiro, agora percebo porque fui afastado, estou neste triste estado, palavras para quê sou o Governo Português.



publicado por PAU_LINDO às 18:27
link do post | favorito

De Anónimo a 22 de Janeiro de 2005 às 10:52
Que belo retrato do nosso Governo... melhor não podia estar! Beijos.Lobaaaaaaaaaaaaaaa
</a>
(mailto:celiasousa@msn.com)


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.